Usamos o ensejo da comemoração do aniversário de criação definitiva do município de Oriximiná, no dia 24 de dezembro, para divulgar texto elaborado por João Walter Tavares sobre a vida política do município, relatando os "prefeitos de todos os tempos", desde a primeira criação do município pelo então Governador Lauro Sodré, no dia 05 de dezembro de 1894, até o presente.

PERÍODO PÓS-FUNDAÇÃO (1894-1900)
Intendentes Municipais:
Pedro Carlos de Oliveira
Emídio Martins Ferreira e Manoel Ferreira

PERÍODO DE TRANSIÇÃO
Subprefeitura (1933-1934)
Sub-Prefeito: Helvécio Imbiriba Guerreiro

PERÍODO PÓS-EMANCIPAÇÃO (1935- 2005)
Helvécio Imbiriba Guerreiro (nomeado) - governou de 01 de janeiro a 25 de agosto de 1935, quando renunciou para desincompatibilizar-se a fim de poder concorrer na eleição de 30.11.35, como candidato a Prefeito.

João Imbiriba Guerreiro (nomeado) - esteve no cargo de 25 de agosto de 1935 até 12 de fevereiro de 1936.

 

Helvécio Imbiriba Guerreiro (eleito) - vencedor das eleições de 30.11.35, tornou-se o primeiro prefeito eleito pelo voto popular, tendo assumido em 12 de fevereiro de 1936, para um mandato que durou apenas 17 meses, em decorrência do Golpe de Estado de 1937, que provocou a mudança do regime político no País. Em nome da segurança nacional, o Congresso foi fechado, os partidos políticos abolidos e as eleições livres suspensas. Entretanto, por decisão do Governador Jose Carneiro da Gama Malcher, Helvécio Guerreiro foi mantido no cargo por nomeação, tendo governado ate 11 de março de 1943.

José Gabriel Guerreiro Junior (nomeado) - indicado pelo Major Joaquim de Magalhães Cardoso Barata, que assumira novamente a interventoria do Estado, a 19 de fevereiro de 1943, Jose Gabriel Guerreiro Junior governou de 11 de marco de 1943 a 11 de março de 1947.

José Neves Accioli Ramos (nomeado) - governou de 11.03.47 a 01.05.48, por indicação do Governador Luis Geolas de Moura Carvalho.

Guilherme Imbiriba Guerreiro (eleito) - como candidato eleito no pleito de 11 de janeiro de 1948, governou de 01 de maio de 1948 ate 03 de julho de 1950, data em que renunciou ao mandato para concorrer às eleições para Deputado Estadual.

Joveniano Ferreira de Barros (interino) – vereador, assumiu o cargo de Prefeito em substituição ao Sr. Guilherme Imbiriba Guerreiro, tendo ficado a frente do Município no periodo de 03 de julho de 1950 a 31 de janeiro de 1951.

Antonio Machado Imbiriba (eleito) - candidato vencedor nas eleições de 03 de outubro de 1950 governou de 01 de fevereiro de 1951 a 31 de janeiro de 1955.

José Antonio Picanço Diniz Filho (eleito) - sufragado pela maioria dos oriximinaenses nas eleicoes de 03 de outubro de 1954, exerceu o seu mandato de O1 defevereiro de 1955a 31 de janeiro de 1959.

Guilherme Imbiriba Guerreiro (eleito) - com a vitória conquistada nas eleições de 03 de outubro de 1958, tornou-se o primeiro Prefeito com dois mandatos eletivos, governando de 01 de fevereiro de 1959 a 31 de janeiro de 1963.

João Augusto Figueiredo de Oliveira (eleito) - vitorioso no pleito de 07 de outubro de 1962, administrou o Município de 01 de fevereiro de 1963 a 10 de setembro de 1966, data em que renunciou ao mandato para concorrer às eleições para Deputado Estadual.

Raimundo Muniz de Figueiredo (interino) - na condição de Vice-Prefeito assumiu a Prefeitura para completar o mandato do Prefeito João Augusto de Oliveira, o que fez no período de 10 de setembro de 1966 a 31 de janeiro de 1967.

Altino Bentes de Oliveira Guimarães (eleito) - candidato vencedor nas eleições de 15 de novembro de 1966 tornou-se o ultimo Prefeito eleito da era democrática iniciada em 1948, já que, por força da Lei Federal n° 5.449, de 04 de junho de 1968, Oriximiná foi considerado Município de Interesse da Segurança Nacional por estar localizado em faixa de fronteira e seus prefeitos, a partir do encerramento dessa legislatura, passariam a ser nomeados. O Prefeito Altino Guimarães cumpriu o seu mandato, assumindo em 01 de fevereiro de 1967 e governando ate 31 de janeiro de 1971.

Lucelindo Farias Tavares (interino) - como Presidente da Câmara, investido na condição de Vice-Prefeito, assumiu interinamente a Prefeitura de 01 de fevereiro a 11 de maio de 1971.

Altino Bentes de Oliveira Guimarães (nomeado) - foi o primeiro Prefeito nomeado para dirigir o Município na condição de área de interesse da segurança nacional, por ato do então Governador Fernando José de Leão Guilhon, tendo exercido o seu mandato de 11 de maio de 1971 ate 17 de maio de 1975.

Lucelindo Farias Tavares (interino) - mais uma vez foi chamado a responder pela Prefeitura como Presidente da Câmara, o que fez no período de 17 a 21 de maio de 1975.

Raimundo José Figueiredo de Oliveira (nomeado) - eleito vereador para o terceiro mandato consecutivo, Raimundo Oliveira teve o seu nome escolhido para suceder o Prefeito Altino Guimarães, governando de 21 de maio de 1975 a 04 de abril de 1985.

Vereador Ival de Souza Canto (interino) - com a exoneração do Prefeito Raimundo Jose Figueiredo de Oliveira, assumiu interinamente a Prefeitura durante o período de 04 de abril a 06 de junho de 1985.

Altino Bentes de Oliveira Guimarães (nomeado) - em reconhecimento ao bom trabalho que realizou nos dois mandatos que já houvera exercido anteriormente, foi indicado pelas lideranças do PMDB para uma nova nomeação. Assim, ele que em 1971 fora escolhido para iniciar o ciclo de nomeações dessa fase recessiva, agora estava tendo também a oportunidade de encerrá-lo, uma vez que, com a redemocratização do país e o advento das eleições gerais já a partir de 15 de novembro de 1985. Nesse ultimo mandato Altino Bentes de Oliveira Guimarães esteve à frente da Prefeitura de 06 de junho a 31 de dezembro de 1985.

Antonio Calderaro Filho (eleito) - como vencedor das eleições de 15 de novembro de 1985, governou de 01 de janeiro de 1986 a 31 de dezembro 1988. Foi, portanto, o primeiro prefeito eleito após o período militar.

Luiz Silva de Souza - eleito em 15 de Novembro de 1988 exerceu o seu mandato de O1 de janeiro de 1989 a 31 de dezembro de 1992.

Antonio Calderaro Filho - eleito para o segundo mandato em 03 de outubro de 1992, governou de 01 de janeiro de 1993 a 31 de dezembro de 1996.

Luiz Gonzaga Viana Filho - vencedor das eleições de 03 de outubro de 1996 cumpriu o seu mandato de 01 de janeiro de 1997 a 31 de dezembro de 2001.

Luiz Gonzaga Viana Filho - com as alterações introduzidas pela Emenda Constitucional n° 16, de 04 de junho de 1997, estabelecendo a reeleição para Presidente da Republica, Governadores e Prefeitos, Luiz Gonzaga Viana Filho foi reeleito para um segundo período consecutivo de governo, exercido de 01 de janeiro de 2001 a 31 de dezembro de 2004.

Argemiro Jose Wanderley Picanco Diniz - vice-prefeito eleito por duas vezes junto com Luiz Gonzaga Viana Filho foi eleito no pleito de 03 de outubro de 2004. Assumiu a prefeitura em 01 de janeiro de 2005 e cumpriu mandato até 31 de dezembro de 2008.

Luiz Gonzaga Viana Filho foi eleito novamente em 05 de outubro de 2008 e cumprirá seu terceiro mandato até 31 de dezembro de 2012.

Extraído de João Walter Tavares. Inventário Cultural, Social, Político e Econômico de Oriximiná. Prefeitura Municipal de Oriximiná, 2006.