Espoca Bode

Estado intensifica combate a queimadas no segundo semestre para manter redução de focos

O Estado prepara-se para combater focos de queimadas e incêndios neste segundo semestre, quando o tempo mais seco, com menos chuvas e baixa umidade, aumenta as possibilidades das ocorrências. A diretora em exercício de Meteorologia, Hidrologia e Mudanças Climáticas da Secretaria de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semas), Mônica Moreira, explica que os fatores climatológicos podem influenciar diretamente na quantidade de ocorrências dos focos. "Geralmente as queimadas tendem a aumentar de julho a novembro, período mais seco no Pará. O número de focos também pode estar relacionado com variáveis meteorológicas como diminuição de chuvas, umidade e temperatura do ar, entre outras condições", avaliou.

 

<< Início < Anterior 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 Próximo > Fim >>

JPAGE_CURRENT_OF_TOTAL