Iniciativa foi realizada na comunidade Boa Vista como parte do Plano de Ação de Emergência das Barragens de Mineração da MRN.

Defesa Civil e comunitários engajados no simulado de emergência — Foto: Ascom MRN/Divulgação

A comunidade Boa Vista, localizada às proximidades das barragens de água, A1 e Água Fria, em Oriximiná, oeste do Pará, participou dia 20, do primeiro exercício simulado de emergência promovido pela Mineração Rio do Norte em uma ação conjunta da Defesa Civil e comunitários.

A ação teve o acompanhamento da Fire & Rescue, consultoria especializada em emergências médicas, químicas, tecnológicas e combate a incêndios no Brasil e na América Latina. A iniciativa faz parte do Plano de Ação de Emergência das Barragens de Mineração (PAEBM) da MRN.

O treinamento realizado de forma voluntária, contou com a adesão de mais de 50% da comunidade. Para Jeferson Santos, gerente de Relações Comunitárias da Mineração, o diferencial esteve na preparação da comunidade.

“Sem dúvida, foi uma experiência de êxito. Por um período de cerca de quatro meses, realizamos encontros de sensibilização, reuniões com as lideranças e construímos juntos com os comunitários uma cartilha informativa, que explica por meio de uma linguagem acessível e objetiva como funciona o sistema de barragens e gestão de rejeitos da MRN, instrui sobre os procedimentos que devem ser adotados ao toque de sirene, os principais pontos de encontro e rotas de fuga no caso hipotético de rompimento das barragens”, ressaltou.

Segundo Jeferson, no toque da sirene, os comunitários se dirigiram ao ponto de encontro. Houve engajamento e interesse deles em participar do exercício simulado, que é o primeiro de muitos a serem realizados ao longo do ano.

Outro diferencial, foi a participação da Defesa Civil, que esteve em todas as fases que antecederam o treinamento, orientando a comunidade de casa em casa, informando a importância da presença deles e o trabalho do órgão, que tem o papel de intervenção legal para acionar as esferas municipal e federal em casos de emergência.

“A comunidade achou muito boa a iniciativa da MRN estar presente junto com o apoio da Defesa Civil e manifestou o interesse de que ações como essa continuem. As duas instituições estão trabalhando preventivamente e quando isso é feito, conseguimos evitar acidentes”, pontuou Paulo Paixão, coordenador da Defesa Civil de Oriximiná.

Núcleos comunitários

Para Márcio Alexandre, consultor técnico da Fire & Rescue, a experiência do primeiro exercício simulado foi importante para mostrar a cultura de segurança da empresa e a forma preventiva como está atuando nas comunidades. O consultor técnico ressalta que o primeiro simulado também trouxe aprendizados e, junto com a comunidade, a empresa fará o aprimoramento das ações.

“Será um processo de trabalho conjunto para que sejam formados núcleos de Defesa Civil comunitários, com o intuito de preparar as pessoas da comunidade para o atendimento dentro de qualquer evento que possa gerar uma emergência, além de um possível rompimento de barragens, como incêndios, acidente com algum comunitário, desabamento de uma casa, um desbarrancamento ou inundação", explicou Alexandre.

O consultor disse que é importante a comunidade estar preparada para fazer esse primeiro atendimento em caso de emergência para que, em seguida, cheguem os melhores recursos para minimizar qualquer dano à vida e ao meio ambiente.

Fonte: G1 Santarém — PA, 23/07/2019.

Última atualização ( Qua, 24 de Julho de 2019 08:10 )