Resultado de imagem para escola técnica oriximiná - pa

Escola Tecnológica de Oriximiná

A Secretaria de Estado de Educação (Seduc) abriu nesta quinta-feira (27) inscrições para o preenchimento de 5.940 vagas em cursos profissionalizantes, oferecidas em 15 municípios, por meio de dois processos: um seletivo e outro por matrícula. O professor Higor Okada, da Coordenação de Educação Profissional da Seduc (Coep), informa que as inscrições podem ser feitas no Portal Seduc (www.seduc.pa.gov.br) e no hotsite das escolas de Ensino Técnico – Eetepas (www.seduc.pa.gov.br/site/eetepa), a partir de 27 de dezembro até 25 de janeiro de 2019.

As escolas tecnológicas, que estão com inscrições abertas em 15 municípios, são mantidas pelo Governo do Pará e atendem aproximadamente 15 mil alunos em todo o Estado. São 149 cursos ofertados nas Escolas de Ensino Técnico do Estado do Pará. Estão disponíveis 4.060 vagas para os cursos ofertados por meio de seleção e 1.880 vagas para os cursos cuja matrícula pode ser feita diretamente, sem a necessidade de seleção.

Imagem relacionada

Escola Tecnológica de Oriximiná

Estão abertas 5.940 vagas em 15 municípios: Belém (Escolas Anísio Teixeira, Magalhães Barata, Paes de Carvalho, Instituto de Educação do Estado do Pará, Deodoro de Mendonça, Eetepa Dr. Celso Malcher, Francisco da Silva Nunes e Francisco das Chagas Ribeiro de Azevedo – “Cacau”); Marituba (Centro de Educação Profissional Dom Aristides  Pirovano); Benevides (Escola Agroindustrial Juscelino Kubitscheck de Oliveira); Cametá (Centro Integrado de Educação do Baixo Tocantins - Ciebt) e nas Escolas Técnicas de Tailândia, Santarém, Monte Alegre, Oriximiná, Curuçá, Castanhal, Santa Izabel do Pará, Vigia de Nazaré, Itaituba, Paragominas e Salvaterra.

O resultado será divulgado dia 28 de janeiro de 2019, e a matrícula ocorrerá no período de 31 de janeiro a 8 de fevereiro, na escola pretendida pelo candidato. O começo das aulas está marcado para 11 de março.

Com duração de quatro anos, o curso técnico de nível médio na modalidade Integrado é exclusivo para o candidato que já concluiu o ensino fundamental, e com idade abaixo de 17 anos e 11 meses completos até a data da matrícula.

A modalidade Subsequente é destinada aos candidatos que já concluíram o ensino médio e buscam a formação técnica. O curso tem duração máxima de dois anos, e confere ao formado o diploma de técnico de nível médio.

Fonte: Agência Pará de Notícias - 28/12/2018 14:01h - Eduardo Rocha

Última atualização ( Sáb, 29 de Dezembro de 2018 08:54 )